"Ela me faz sentir parte de algo especial, e talvez eu até seja especial quando estou perto dela"
Home fale BABY ♥ MEMÓRIAS
As pessoas compram cartões porque não conseguem dizer como se sentem ou tem medo de dizer e nós fornecemos o serviço que os livram disso. Quer saber? Que isso vá pra inferno. Vamos ser sinceros com nosso país ou pelo menos deixar que falem por si próprio, tá? Olha só esse aqui, com coraçãozinho na frente… - “Feliz dia dos namorados meu amor… Eu te amo!” Num é fofo? Amor, não é demais? É exatamente disso que tô falando. O que é que significa amor? Vocês sabem? Sabem? Alguém? Se alguém me desse esse cartão, eu comeria. São esses cartões, os filmes, as músicas pop são culpadas por todas as mentiras e o sofrimento, por tudo. Somos responsáveis, eu sou responsável. Eu acho que fazemos uma coisa errada aqui. As pessoas deviam poder dizer como se sentem, como realmente se sentem e não algumas palavras que alguns desconhecidos colocam na boca dela. Palavras como amor não significam nada.
500 dias com ela. (via distanciarei)

eita, uns beijo agora nessa tua boca não seria ruim não hein

Para mim, o amor é mais ou menos como o sol. Nasce de manhã cedinho, entra pelas frestinhas da janela iluminando o quarto e o coração, deixa a vida e os dias mais bonitos. Aquece as tardes e o peito. O amor nos livra do escuro, melhora o humor e faz a gente lançar olhares abobalhados para o horizonte e para o céu. Faz a gente se despir e seca as roupas do varal. Se engana quem pensa que ele é constante. O amor às vezes queima e muda de cor. Ele pode até enfraquecer em alguns momentos do dia, mas normalmente ele é forte. O amor é está sempre se pondo. Mas, sabe, eu boto né nisso : o amor de verdade é igualzinho ao sol. Ele sempre renasce, mesmo que alguns dias tenham nuvens e chuva forte. E brilha até o infinito.
Clarissa Corrêa.   (via romantizado)
Install
Panromantic